CADASTRO  ::   CLASSIFICADOS  ::   FALE CONOSCO   ::   PARTICIPE   ::   ANUNCIE
:. Página Inicial
:. Adicionar aos Favoritos
Google
  CIENTÍFICA
  Cursos
  Fórum
  Links

 
  WEBTURMAS
  Mural

  Turmas
  
  SERVIÇOS
  
  UTILIDADES
  
 
 
Notícia 21/03/05

LEVANTAMENTO IDENTIFICA FATORES DE RISCO PARA O DESENVOLVIMENTO DE CÁRIE

Idade e freqüência da higiene bucal também têm influência sobre a severidade da cárie dentária entre jovens de 15 a 19 anos. Estudo apresentado à FO buscou aliar a Odontologia e a Nutrição


Fatores como sobrepeso, idade e escolaridade materna, associados à frequência da higiene bucal, têm influência sobre a severidade com que a cárie dentária atinge adolescentes. Um levantamento feito com 230 adolescentes (de 15 a 19 anos) sobre o número de dentes cariados, perdidos e restaurados identificou os fatores de risco da cárie, condições que facilitam o aparecimento e o desenvolvimento da doença. A pesquisa foi apresentada à Faculdade de Odontologia (FO) da USP.



Segundo a dentista Cristina G. Zardetto, autora do estudo, um dos objetivos era avaliar a relação entre o estado nutricional do paciente e a ocorrência de cárie dentária, unindo a Odontologia à Nutrição. Os adolescentes avaliados eram estudantes de uma escola pública da Vila Mariana, bairro paulistano de classe média. Foram obtidos dados detalhados a respeito da situação sócioeconômica, do histórico familiar de doenças e dos hábitos alimentares e de higiene de cada um dos adolescentes.

Intensificação de risco
"Cerca de 70% dos jovens apresentavam cárie, um índice muito elevado", afirma a pesquisadora. Dos 230 adolescentes, 148 apresentavam peso normal e 82 possuíam sobrepeso ou sofriam de obesidade. Cristina verificou que o fator sobrepeso aumenta em três vezes a chance de se desenvolver cárie.

"Para agravar a situação, os números nos mostram que os adolescentes com sobrepeso que comiam doces com maior freqüência escovavam os dentes com menor regularidade", diz a pesquisadora. "Mas, como tanto a cárie quanto a obesidade são doenças causadas por fatores diversos, não é possível apontar a causa exata desse fato". Uma hipótese é que, por questões psicológicas, o adolescente com sobrepeso não tenha muitos cuidados consigo.

A escolaridade materna também pode influir no alto índice de cárie. Os adolescentes cujas mães não haviam concluído o Ensino Fundamental possuíam três vezes mais chance de apresentar a doença. "Isso nos mostra que é a mãe quem transmite informações ao filho, quem o ensina", avalia Cristina. A higiene bucal também é um elemento importante: aqueles que escovavam os dentes três vezes ao dia possuíam três vezes menos chance de desenvolver cáries, quando comparados aos que escovavam apenas uma vez.

Prevenção
O estudo mostrou, ainda, que os adolescentes com mais de 17 anos possuíam um maior número de dentes afetados. Segundo Cristina, essa constatação reflete uma tendência à falta de controle e prevenção da cárie. "Se um adolescente de 13 anos não cuida regularmente de seus dentes, é natural que, mais velho, o quadro se intensifique", explica. A ausência de uma "cultura de prevenção" se traduz, principalmente, numa procura pelo dentista somente diante do aparecimento de problemas, como dor de dente.

A pesquisa faz parte do projeto ECCCHOS (Estudos Clínicos sobre Crescimento, Comportamento, Hipertensão Arterial, Obesidade e Saúde Bucal), desenvolvido na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp - EPM) e dirigido à avaliação clínica de adolescentes. O levantamento, parte da tese de Cristina, Prevalência de cárie dentária em adolescentes residentes no município de São Paulo: indicadores de risco e gravidade , resultou de uma parceria entre as disciplinas de Odontopediatria da FO e Nutrologia do Departamento de Pediatria da Unifesp-EPM . A tese teve orientação da professora Célia Regina Martins Delgado Rodrigues, da FO, e coorientação do professor Domingos Palma, da Unifesp-EPM.

fonte: Agência USP de notícias, Março de 2005.
PARTICIPE
Envie seus artigos para a equipe webodonto.com e veja eles publicados.
CONSULTE
Agora temos o DEF on-line para consulta a qualquer momento.
CURSOS
Curso de Atualização promovido pela Universidade de Passo Fundo.
DOWNLOADS
Novo Código de Ética Odontológico em vigor desde 20 de maio de 2003.
CONGRESSOS
Os principais congressos nacionais e internacionais estão agendados aqui!!
 

IMPRIMIR   ::   TOPO   ::   PÁGINA INICIAL   ::   FALE CONOSCO   ::   ANUNCIE
Todos os direitos reservados. Copyright© 2002/2005, www.webodonto.com ®